Notícias

Junior Achievement inicia as atividades de desenvolvimento de estudantes de 2011

15/03/2011
Releases

As atividades voltadas para o desenvolvimento do espírito empreendedor em jovens estudantes que a organização de educação prática em economia e negócios Junior Achievement desenvolve foram apresentadas às escolas das redes privada e pública de Lajeado. Além de diretores e representantes dos educandários, a reunião contou com a participação do vice-presidente de Área Jovem da Associação Comercial e Industrial de Lajeado (Acil), Jean Zagonel, dos diretores dessa área, Vanessa Portella Faé e Adriano da Silva; e, ainda, da gestora das regiões centro, centro-oeste e campanha da JÁ no Rio Grande do Sul, Daniele Staggemeier.
O encontro serviu para sensibilização das escolas quanto à importância do desenvolvimento e da preparação dos estudantes para o mercado de trabalho. Está previsto para os dias 11 e 12 e 13 de abril o trabalho de apresentação dos programas aos estudantes. “Este programa traz uma experiência única para vida destes jovens e uma oportunidade de mudarem completamente suas perspectivas de vida”, avalia Daniela, ao relatar alguns dos casos de sucesso vivenciados por ela frente à JA.  Para a diretora do Colégio Madre Barbara, Maria Elena Jacques, o papel formador dos programas é uma resposta ao perfil cada vez mais exigente dos jovens estudantes. “Nós temos que orientar melhor nossos alunos, já que eles estão cada vez maios críticos e imediatistas”, comentou a educadora.

Jovens empreendedores

Para Zagonel, que coordena o programa dentro da Acil, a participação de antigos achievers ou miniempresários (alunos das edições anteriores do Programa Miniempresa) exerce influência positiva na sensibilização dos novos empreendedores. “Buscar antigos achievers para atuarem como advisers (profissionais ou empresários que trabalham voluntariamente como consultores dos miniempresários) é interessante para os novos, já que eles têm experiência no programa”, explica. O vice-presidente reconhece e valoriza o papel das escolas no processo de formação dos bons profissionais pois, de acordo com ele, o conhecimento pedagógico agregado ao de mercado dos profissionais é capaz de gerar uma experiência ampla e positiva aos achievers. “É importante fomentar o empreendedorismo regional e é por isso que a Acil acredita nesta ideia”, enfatiza.

Mais programas

Bastante difundido, o Programa Miniempresa é o carro chefe da JA na região. Porém, a JA trabalha com outros programas que podem ser utilizados pelas escolas com o mesmo objetivo. Um exemplo voltado ao ensino básico é o programa Introdução ao Mundo dos Negócios, que apresenta aos estudantes noções básicas sobre a economia de mercado, o planejamento de um negócio e opções de carreira.

A preocupação com a evasão escolar também é tema de iniciativas da JA. Para os alunos do sétimo ano, existe o programa As Vantagens de Permanecer na Escola, onde os jovens recebem a demonstração da importância de continuar estudando para atingirem objetivos profissionais. Esse programa integra os conceitos de empregabilidade aos conceitos de educação qualificação.
 
O Programa Miniempresa visa à experiência prática em economia e negócios aos estudantes. Nele, os achievers têm controle sobre todos os processos industriais, do planejamento a venda dos seus produtos, explorando toda a prática administrativa de sua miniempresa no período de 15 semanas, em jornadas semanais de 3h30min por encontro. A Junior Achievement é uma associação educativa sem fins lucrativos, mantida pela iniciativa privada que atua em mais de 120 países, criada nos Estados Unidos no ano de 1919 e atua no Rio Grande do Sul desde  1994, sendo líder mundial na educação voltada para o setor.

Fonte: Assessoria de Imprensa

  • IMG_1829

Assine a newsletter